24 de maio de 2008

A fruta nunca cai longe do pé.

Hoje estava lendo o blog FelizeS ParA SemprE e me deparei com um post interessante abordando o modo como as crianças em geral tem algo em comum com o comportamento dos pais.



Pois eu vou mais além, digo que mesmo "sabendo" que todo ser encarnado (sim, sou espírita), tem alguma relação com os que nessa encarnação são seus pais, por exemplo, já vi mães super carinhosas com filhos calmos e afetuosos, mas também já vi filhos que são tratados como adultos ou tratados como se focem estorvos desde tenra infância e se tornarem adultos frios, mau humorados, amargos e mau educados. Por outro lado, já presenciei a educação de alguns dos meus amigos de infância e boa parte senão a maioria hoje é composta por bons cidadãos bem humorados, educados e produtivos.



Hoje vejo que a educação que recebi dos meus pais e a forma que eles me passaram os conceitos morais de se viver em sociedade foi determinante para que hoje eu seja admirado por quem me cerca, claro que o meu ego infla quando me elogiam, mas sempre se deve ter em mente que agir certo deve ser não uma obrigação mas um prazer de quem vive nesse planeta pois temos de tudo que precisamos para viver em paz conosco e com os nossos pares.



Haja ceto e a vida te dará o que se aliviar do peso de viver de forma certa, haja errado e a vida te dará algo ruim em retorno. Ou como meus pais me educaram, "se os pais não dão limites aos filhos o mundo dará".

2 comentários:

Carlos disse...

muito bom post, gostei muito mesmo, parabéns, e obrigado pelos créditos.

Musashi-san disse...

Não tem de que.
Um bom post merece link.